COMISSÃO DA MULHER CRIMINALISTA DA ANACRIM-PE MINISTRA PALESTRA SOBRE A LEI MARIA DA PENHA

Na tarde desta terça-feira (17), foi realizada palestra sobre os 13 anos da Lei 11.340/2006, A Lei Maria da Penha, no auditório do Colégio Militar do Recife.

O evento contou com o público exclusivo dos novos soldados do efetivo do 4° Batalhão de Polícia do Exército. Mais de 200 militares estiveram presentes nesse extraordinário evento.

A Dra. Vanessa Lourenço deu início aos trabalhos de forma singular com a introdução da Lei, abordando especificamente o que é e qual o seu objetivo.

Logo em seguida, a Dra. Camylla Gomes trouxe a realidade sobre as formas de violência contra a mulher na Lei Maria da Penha.

A presidente da Comissão da Mulher Criminalista, Dra. Maria Carvalho, com todo o seu conhecimento e de uma forma clara e objetiva, explanou sobre as medidas protetivas, execução da pena e feminicídio.

Encerrando com chave de ouro, a Dra. Paula Loiola fez um resumo de tudo que fora dito, atraindo atentamente os olhares da plateia.

Antes do encerramento do evento, houve abertura para perguntas, e na ocasião, participaram a Dra. Débora Nascimento e a Dra. Renatta Melo.

“Hoje, a Comissão da Mulher brilhou através de seus membros. Falar sobre a Lei para jovens entre 18 a 20 anos, que foi o nosso público de hoje, é de suma importância para a formação do homem pai de família, esposo, companheiro de amanhã.
Muitos convivem ou conviveram com essa realidade da violência contra a mulher dentro de sua própria casa e passar a informação, o conhecimento que eles podem fazer diferente é imensamente gratificante”, comentou a presidente da Comissão, a Dra. Maria Carvalho.

Agradecemos imensamente a essa ilustre Instituição, tão importante e respeitada, pela oportunidade e o espaço cedido para a ANACRIM.

Agradecemos, ainda, ao Subcomandante do 4° BPE, o Coronel Gondim, que na oportunidade representou o Comandante do 4° BPE, o Coronel Wanderli.

Nossos cumprimentos, também, à pessoa do Coronel Vasconcelos, Assessor Jurídico do Colégio Militar do Recife, registando a sua presença.

Por fim, o nosso muito obrigado ao Sgt. Farias e o Sgt. Anderson Araújo.

Já passamos da hora de falar da Lei Maria da Penha apenas entre mulheres, a ANACRIM, pioneiramente, vai abordar o tema com homens, por razões óbvias.